Devedores devem pautar pela cultura de reembolso do crédito

Devedores devem pautar pela cultura de reembolso do crédito

Os jovens devem pautar por uma cultura de reembolso do crédito bancário que recebem, a fim de garantir que outros possam beneficiar do mesmo e contribuírem para a diversificação da economia do país, defendeu hoje, no Lubango, o secretário para a área de fiscalização do Conselho Provincial da Juventude (CPJ), Víctor Cahala.

O responsável falava à margem do acto de lançamento da Campanha "Diversificar", uma promoção do Banco de Desenvolvimento de Angola (BDA) em parceria com o CPJ, que visa promover o empreendedorismo sustentável, pelo uso adequado dos financiamentos, na perspectiva de obter uma conduta responsável relativamente ao reembolso dos créditos concedidos.

Na ocasião, Víctor Cahala disse que o BDA, no âmbito da sua responsabilidade social, pretende com este projecto, com foco na educação, melhorar a qualidade de vida da população com pequenas acções comerciais para diversificar a economia nacional e pretendem atingir o maior número de pessoas.

Referiu não bastar que o jovem obtenha o crédito, mas deve ter a responsabilidade e perceber cada vez mais a importância do reembolso, porque quando se paga dívida em tempo útil, permite que mais pessoas possam ter acesso e ampliar em projectos viáveis.

A campanha começou em Julho, em Luanda, e vai durar dois anos. Já foi lançada nas províncias de Luanda, Huambo e Bié, sensibilizando até agora 54 mil 267 pessoas, oito mil 475 estabelecimentos comerciais e 112 instituições entre públicas e privadas.

Fonte: ANGOP

Publicidade

Fechar
Fechar